Auriculo, o quê?

Atualizado: 9 de jan.


gif

Auriculoterapia é uma terapia de microssistema oficializada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), consiste em uma técnica de bioestimulação neural a partir do microssistema auricular em prol do diagnóstico e do tratamento de doenças de todo o corpo físico e mental.

Existem três principais escolas de auriculoterapia: chinesa, francesa e brasileira,

cada qual com as suas específicas interpretações das alterações dos pontos mapeados do pavilhão auricular e com diferentes condutas protocolares na determinação da terapia a ser instituída.


O estímulo pode ser realizado por:

  • Agulhas semipermanentes ou agulhas de acupuntura facial;

  • Pellets (microesferas de superfície lisa) de cristal, de sementes (principalmente de mostarda), de inox, de ouro e de prata;

  • Laser;

  • Eletroestimulação;

A auriculoterapia é uma Prática Integrativa Complementar às terapêuticas tradicionais e está indicada para o auxílio no tratamento de dores e desordens físicas osteomusculares, nervosas, endócrinas e psíquicas. É uma prática consolidada que consta no Quadro de Serviços do SUS (Sistema Único de Saúde).


As sessões acontecem em intervalos que variam entre 3 e 10 dias, e o número de sessões deve ser determinada pelo profissional de sua confiança para o fim terapêutico estipulado. Os protocolos devem ser individualizados a cada contexto particular.


São contraindicações relativas: lesões no pavilhão auricular, gestantes, pessoas com doenças psiquiátricas não tratadas.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo